5 passos para saber se você tirou uma boa fotografia para postar

Em mais de uma ocasião, dissemos que uma boa maneira de aprender fotografia é lendo livros. Mas não livros dedicados à técnica fotográfica, mas investir parte de nosso tempo em se aprofundar na arte fotográfica em si mesmo.

Este tipo de leitura é muito enriquecedor, pois ajuda a compreender a fotografia e a levá-la a um outro nível. A um nível mais “artístico”, longe dos tradicionais exercícios onde devemos colocar o sujeito em um dos pontos fortes da regra dos terços. O livro que atualmente estou lendo é deste tipo: “A visão do fotógrafo, entender e apreciar a boa fotografia.

O autor, nesta obra, analisa as imagens de alguns dos melhores fotógrafos do mundo para chegar explicar como eles devem olhar as fotos para entendê-las em sua totalidade e, além disso, como poder chegar a valorizá-las. Mas antes de chegar a isso, Freeman se vê obrigado a estabelecer algumas bases sobre as quais trabalhar: o que é uma boa fotografia? Em dZoom temos abordado este assunto em qualquer ocasião. Por isso hoje vamos aprofundar estas seis características que, segundo Freeman, determina que uma imagem seja uma “boa fotografia”.

 

1. Composição Inteligente

Esta é, talvez, a parte mais técnica do que seria uma “boa fotografia”. Normalmente tendemos a considerar uma boa imagem daquela que está corretamente direcionado, bem exposta, composta de acordo com as regras. Uma fotografia limpa. Mas muitas vezes temos dito que uma fotografia “perfeita” não tem por que ser boa.O importante para fazer uma boa fotografia é, pois, saber o que estamos fazendo. E, acima de tudo, ser conscientes de que sim, uma fotografia desfocada pode ser boa. Sim, uma foto com o grão pode ser boa. Sim, uma fotografia com uma composição desequilibrada pode ser boa. Sempre que há uma intenção em fazer isso. Sempre que o artista saiba por que o fez. E, para poder quebrar as regras dessa forma, primeiro você tem que conhecê-las.

O importante para fazer uma boa fotografia é, pois, saber o que estamos fazendo. E, acima de tudo, ser conscientes de que sim, uma fotografia desfocada pode ser boa. Sim, uma foto com o grão pode ser boa. Sim, uma fotografia com uma composição desequilibrada pode ser boa. Sempre que há uma intenção em fazer isso. Sempre que o artista saiba por que o fez. E, para poder quebrar as regras dessa forma, primeiro você tem que conhecê-las.

2. Provoca uma reação

Ou o que é o mesmo, chama a atenção. Em mais de uma ocasião, me encontrei com imagens (próprias e alheias) que me tiveram longos momentos contratada para o papel ou para a tela vendo. Há imagens que têm “algo” que te atrai os olhos.

Como bem afirma Freeman, “uma boa fotografia é visualmente estimulante”. Convida-o a olhar para ela, gera uma reação de interesse. Mas o faz por ela sozinha. O que significa isso? Significa que não devemos estar pendentes, sempre, de fazer fotografias que “gosta” às pessoas que você as veja, porque isso, precisamente, pode levar a imagens também calculadas e óbvias que acabam por não chamar a atenção.

3. Oferece mais de uma camada de experiência

Contemplar uma “boa fotografia” é sempre uma experiência completa. Uma boa foto não é observada, sem mais, uma fotografia de alta qualidade se deve ler, deve ter diferentes planos expressivos. Uma boa fotografia é expressiva em sua totalidade.

Como gerar diferentes camadas de experiências, com uma fotografia? A maneira mais fácil é usando a composição e a profundidade de campo para contar várias coisas. Não nos concentrar no primeiro plano, contextualizar nossas histórias, esconder detalhes ao longo da composição de nossas imagens.

4. Tem o seu contexto na fotografia

As boas fotografias têm um contexto cultural: definem um “agora” e “aqui”. Servem para contar histórias, ou para exibir eventos, personagens, objetos. Neste contexto, além disso, também está condicionado por os referentes que possam ter tanto o artista quanto o público da imagem. E tudo isso se envolve para dotar de sentido a uma boa fotografia.

5. Contém uma ideia

Isso não quer dizer que as boas fotografias necessitam de transmitir uma mensagem profunda que convide todo aquele que veja a refletir sobre algum tema importante da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *